20 POEMAS QUASIDARKS – 5

Salomão Rovedo

5

 “Mi propia canción amante.”

 Gabriela Mistral

 Canto inteiro

Este canto madurinho canto,

Canto que jamais apodrece.

 Cresce o cantor e a cantiga

 Enquanto o céu desaparece.

 Canto pleno

 Canto doído, doidinho canto,

Canto que dói e desmancha.

Brilha a cor, brilha a mancha

E o rubor do sangue avança.

 Canto interior

Este canto deslavado, canto,

Canto afônico e desbocado,

 Vomitando vozes de acalanto,

Canto que já canto alucinado.

Canto passageiro

 Este canto esquecido brasileiro,

 Canto de quintal e de pagode,

 Canto sozinho ou com coral,

Mas é meu canto por inteiro.

(Amaricanto)

Olá,
estou disponibilizando o meu livro Crossing, para venda, nos links:
https://go.hotmart.com/C44974415K
https://go.hotmart.com/C44974415K?dp=1
Conto com seu acesso, sua compra e sua divulgação.
Grato.
Abraços
José Araujo de Souza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s