Pedágio identitário: uma experiência na escola da rua

Auricélia Silva Monte

Precisava-se daquilo, era manhã tarde, e as identidades desfilavam ao deslizar na pista Zygmunt. Cada nova abordagem um bum Baumantico se desvelava, e a fragmentação liquidada se desdobrava, e nova formação instável se velava. Nessas terras americanas de pedintes vários, éramos mais alguns ultradesiguais contidos numa publicação bakhtiniana não reconhecida. Os sentidos distintos afloravam em momentos pontuais de conversas com os outros e em conversas sem os outros, mas com eles. Com esse vaivém o coração ansiava por respostas e o cérebro sem entender transmitia emoção em círculos nodais – o porquê da indiferença dos iguais. Lá circulava bastante Real de Ficção, ao toque da unha no espelho escuro do carro surgia um sinal, um sim ou um não e, sim e não. Muitas foram as moedas servidas com um sorriso, mas também muito inchaço na garganta quando a mão estendeu vinte, mas o olhar não fora dado.

O pedágio das experiências identitárias que se revelam e se transmutam, e se revelam e se transformam, e se revelam e não se fixam, olham-se, negam-se, assustam-se, calam… silenciam…

A vastidão de desejos que se cruzam e se atrapalham na corrida desse dia, não permitia a visualização do real para todos, na faixa  sufocada a dizer: Pesquisa no Brasil se faz assim: Pedindo!

Nesse dia voamos como pássaros às vezes estáticos, mas mudamos, porque a visão de repouso permanente nos assusta, daí preferimos ser dinâmicos como os dois reais jogados da janela do carro gentil, que voou… voou… voou em meio a tantos outros carros em movimentos apressados, mas chegou ao destino de nosso bolso envergonhado.

Já se foi… lá foi o dia e agora não somos mais eus, somos outros… somos outros e eus. Somos nós, sujeitos voláteis na liquidez identitária do real brutal que experimentamos.

Amanhã é outro dia. E agora!?! Somos mais.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s