DOMINANT LOVE



José Araujo de Souza

Inside my being, well hidden,
there is a love, infinite and indomitable,
that hurts me so much
and so much pain, it makes me unhappy
in my loves.

Inside my being, already forgotten,
there is such a beautiful love, from the past,
that has already caused me so much joy
and so many dreams, that I don’t even dream anymore,
frightened.

And not to suffer the same pains anymore
and preserve my being from new hurts,
I don’t want to seek new loves anymore
while bringing the shallow eyes of water.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s