RETRATO

Cecília Meireles

Hoy no tenía esta cara
Tan tranquilo, tan triste, tan delgado
Ni siquiera estos ojos vacíos
No el labio amargo.

No tengo estas manos sin fuerza
Tan quieto, frío y muerto;
No tenia este corazon
Eso ni siquiera se nota.

No noté este cambio
Tan simple, tan seguro, tan fácil:

  • En que espejo se perdió
    ¿Mi cara?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s