Partido

Monica de Nazaré da Costa Pereira

Canté un color que compuse para ti
Lo mezclé con un ligero aroma a lirios
El cuerpo casi desnudo de esa mañana.
Era temprano
Salidas …
En la boca el color, el rojo que me mentiste,
En el dormitorio, el cuadro antiguo con pinturas que nunca escribí.
Era temprano
Y el sol amarilleaba su sonrisita
Tacto
Mañana
Arbusto
La parte de mi que negué en ti
Tu sangre manchada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s