Partida

Mônica de Nazaré da Costa Pereira


Cantei uma cor que compus pra ti
Misturei a um leve aroma de lírios
Ao corpo quase nu daquela manhã.
Era cedo
Partias…
Na boca a cor, o vermelho que me mentias,
No quarto o velho quadro com tintas que nunca escrevi.
Era cedo
E o sol amarelava seu sorriso pouco
Tato
Manha
Mato
A parte de mim neguei em ti
Teu sangue maculado.
P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s