A MORTE MEDITADA

Giuseppe Ungaretti

Canto primeiro
Ó irmã da sombra 
Noturna quanto mais a luz tem força 
Me persegues, morte.

Num jardim puro 
A luz te deu o ingênuo ardor 
E a paz perdeu-se, 
Pensosa morte, 
Sobre tua boca. 

Desde esse instante 
Te ouço no fluir da mente 
Aprofundar lonjuras 
Émula sofrente do eterno 

Mãe venenosa dos evos 
No pavor do palpitar 
E da solidão 

Beleza punida e risonha

No apaziguar-se da carne 
Sonhadora evasiva 

Atleta sem sono 
Da nossa grandeza

Quando me houveres domado, dize-me: 

Na melancolia dois vivos
Voará longamente minha sombra?


Canto segundo
Escava as íntimas vidas
Da nossa infeliz máscara
(Clausura de infinito)
Com blandícia fanática
A fusca vigília dos pais.

Morte, palavra muda,
Areia deposta como um leito
Pelo Sangue
Te ouço cantar como uma cigarra
Na rosa enlutada dos reflexos.


Canto terceiro 
Incide sobre as rugas secretas 
Da nossa máscara infeliz 
A mofa infinita dos pais. 

Tu, na luz profunda,
Ó Confuso silêncio,
Insiste como as cigarras irosas.


Canto quarto
Tomaram-me pela mão nuvens. 

Queimo sobre colinas tempo e espaço 
Como um teu mensageiro, 
Como um sonho, divina morte.


Canto quinto 
Fechaste os olhos. 

Nasce uma noite 
Plena de furos fictícios, 
De sons mortos 
Feito cortiças 
De redes caídas n`água.

Tuas mãos se fazem como um sopro 
De invioláveis lonjuras,
Inaferráveis com idéias,

E o equívoco da lua
E o balançar, dulcíssimos,
Se as queres pousar-me sobre os olhos
Tocam a alma

És a mulher que passa
Feito uma folha

E deixa nas árvores um fogo de outono.


Canto sexto
Ó bela presa, 
Voz noturna, 
Tuas movências 
Fomentam a febre. 

Só tu, memória demente, 
A liberdade podes capturar.

Sobre tua carne inaferrável, 
E vacilante dentro de espelhos túrbidos, 
Quais delitos, sonho, 
Não me ensinaste a consumar?

Com vós, fantasmas, não tenho mais detença, 

E de vossos remorsos meu coração replena 
Quando se faz dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s