QUEM ME DERA

Lua, Noite, Plástico, Crescent

Quem me dera,nesta noite,

ter-te a meu lado, sorrindo,

falando com os teus olhos

palavras que eu não sabia

que os teus olhos soubessem

dizer com tanta alegria.

Nos lábios, gosto gostoso.

No corpo, aquele perfume

que mesmo quando passado

o instante do amor, ressurge.

Ah, quem me dera, pudesse

o vento da madrugada

trazer-te, pra que eu morresse

morte de amor, nos teus braços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s