VERDADE

Quem sabe dos teus anseios

e conhece os teus caminhos

sou eu, que tenho os carinhos,

que são teus.

Quem sabe das tuas horas

de dor, nas noites mais frias

e das tuas fantasias,

uma por uma, sou eu.

Sou eu, que padeço amores

e vivo só, minhas dores,

distante do teu olhar.

Sou eu que ouço os teus passos

e anseio por teus abraços

para que eu possa sonhar.   

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s