MAGIA

Há, no seu encanto,

um momento de paz que me prende me apreende

e me retém refém da sua imagem.

Há, no seu olhar

uma fagulha de luz que incendeia

avermelha o meu corpo

esquenta  minha pele

e queima tudo em mim.

Apaixonado,

entrego-me a paixão

pura e louca

como se nada mais houvesse

de interessante a vista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s