Arquivos Mensais: maio 2020

SERENADE

Serenata Fotografias, Serenata Imagens Royalty Free | Depositphotos®

In the middle of the night
a chord is heard
of a tuned guitar.
A star in the sky
it shone brighter.
In the empty night
someone remembered
from someone else,
that slept.
With a little luck,
thought, I will be your dream.
In the silence of the night
a sob was heard
of someone who, of course,
did not sleep.

SERENATA

Serenata Fotografias, Serenata Imagens Royalty Free | Depositphotos®

No meio da noite

um acorde se ouviu

de um violão afinado.

Uma estrela no céu

reluziu mais forte.

Na noite vazia

alguém se lembrava

de outro alguém,

que dormia.

Com um pouco de sorte,

pensava, eu serei o seu sonho.

No silêncio da noite

um soluço se ouviu

de alguém que, por certo,

não dormiu.

YOUR HANDS

Mãos Entrelaçadas, Conforto, Mãos

Your hands that hold me
with your long fingers
calloused of sorrows
and of relief
don’t make me happier
neither more blissful
don’t even make me redone
than other times.
Those palms that squeeze me
how to squeeze juice
flat on my body
  do my bit
stripped of affection
and already without tenderness
they make me crazy
and crazy despair.
Those hands that like claws
grab me all
and leave me helpless
and so without comfort
don’t bring me affection
I wish so much
but they leave me half dead
in my dumb desire
day and night resisting
after all.

SUAS MÃOS

Mãos Entrelaçadas, Conforto, Mãos

Suas mãos que me sustentam

com seus dedos longos

calejados de tristezas

e de desafogos

não me fazem mais feliz

nem mais venturoso

nem me deixam mais refeito

que das outras vezes.

Essas palmas que me espremem

como espremem suco

espalmadas no meu corpo

 fazem meu sufoco

despojadas de carinhos

e já sem ternuras

me provocam desatinos

e um desespero louco.

Essas mãos que como garras

me agarram todo

e me deixam desvalido

e tão sem conforto

não me trazem o afeto

que desejo tanto

mas me deixam meio morto

em meu desejo mudo

dia e noite resistindo

apesar de tudo.

APPEAL

Mão, Ajuda, Gesto, Alongar, Suplicar

Look,
I need you
because my nights are cold and sad
like fallen rose,
no color, no perfume, no life.
I need you
to inhabit my world, walk with me
in my dreams and guide my steps.
To be the air I breathe and the love I love.
If I’m still allowed to have love.
I need you
so that I can take your hands and walk
aimlessly, feeling the wind and the birds singing
singing hymns that we will never forget.
So that I can feel that loving makes sense.
Look, I need you
to live my most beautiful dream.
And even far from your body, I feel the heat
of your presence and I feel calm.
Even out of your eyes I hear your voice
who speaks softly to me, scared and I hear nothing more
besides you.
Look, I need you, so much, so much.
I need you so much that I, if I were you,
he never left me,
alone.
Enviar feedback
Histórico
Salvas
Comunidade

Apelo

Mão, Ajuda, Gesto, Alongar, Suplicar

Olha,

eu preciso de você

pois minhas noites são frias e tristes

como rosa caída,

sem cor, sem perfume, sem vida.

Eu preciso de você

para habitar o meu mundo, caminhar comigo

nos meus sonhos e guiar os meus passos.

Para ser o ar que eu respiro e o amor que eu amo.

Se ainda me for permitido ter amor.

Eu preciso de você

para que eu possa tomar suas mãos e caminhar

sem rumo, sentindo o vento e o cantar dos pássaros

entoando hinos que nunca mais esqueceremos.

Para que eu possa sentir que amar faz sentido.

Olha, eu preciso de você

para viver o meu sonho mais lindo.

E, mesmo distante do seu corpo, eu sinto o calor

de sua presença e me sinto calmo.

Mesmo distante dos seus olhos eu ouço sua voz

que me fala baixinho, assustada e não ouço mais nada

além de você.

Olha, eu preciso de você, tanto, tanto.

Eu preciso de você tanto que eu , se fosse você,

não me deixava, nunca mais,

sozinho.

CANÇÃO PARA JULIANA

Quando chorar pega bem - ISTOÉ Independente

Ah, vida minha que se acaba um pouco
no corpinho pequeno, de beleza infinita,
no loiro cabelo, na pele bonita,
num sonho de amor
deixando marcas.
No rosto, o sorriso amplo.
Na boca, o beijo diário.
Nos olhos, o azul do céu.
Ah, vida minha que se acaba um pouco
na grandeza do amor deixado frio
perdido no tempo à procura do afago,
solto no espaço à procura de um porto
qual barco perdido navegando ao largo
sem vento, sem rumo,
avariado.
Ah, vida minha que se acaba um pouco
no pouco tempo que tive
de amar-te, querer-te tanto.
Anjinho da vida minha
que no dia já marcado
deixou meus braços vazios
o coração desconsolado
e abraçando o Deus-Menino
tomou assento
ao seu lado.

SONG FOR JULIANA

Quando chorar pega bem - ISTOÉ Independente




Ah, my life that ends a little
in the small body, of infinite beauty,
in blond hair, in beautiful skin,
in a love dream
leaving marks.
The broad smile on his face.
On the mouth, the daily kiss.
In the eyes, the blue of the sky.
Ah, my life that ends a little
in the greatness of love left cold
lost in time looking for cuddling,
loose in space looking for a port
which lost boat sailing offshore
without wind, without direction,
damaged.
Ah, my life that ends a little
in the little time I had
to love you, to want you so much.
Angel of my life
that on the day already set
left my arms empty
the disconsolate heart
and embracing the Boy God
took a seat
by your side.

FOR LOVING YOU

Homem, Solidão, Árvore, Apoiando Se



When love came,
without any notice of arrival,
I felt in my body
the restless soul
and I was alone, singing,
looking for you.
When love left me
sad, lonely and desperate, with no warning of departure,
I felt in my body
the wounded soul
and I was sobbing, alone,
to wait for you.
When love leaves you
without a smile, without poetry,
you will remember
of this love I suffered.
For loving You.

POR AMAR VOCÊ

Homem, Solidão, Árvore, Apoiando Se

Quando o amor chegou,

sem aviso nenhum de chegada,

eu senti no meu corpo

a alma agitada

e fiquei sozinho, cantando,

a procurar por você.

Quando o amor me deixou

triste, só e desesperado, sem aviso nenhum de partida,

eu senti no meu corpo

a alma ferida

e fiquei soluçando, sozinho,

a esperar por você.

Quando a amor lhe deixar

sem sorriso nenhum, sem poesia,

você vai se lembrar

deste amor que sofria.

Por amar você.

« Entradas mais Antigas